sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Saudade do que eu não vivi.

Acordei ouvindo ou pensando assim.
Que saudade do que ainda não vivi.
Tantas coisas aconteceram em minha vida e já tenho saudade do que esta por vir.
Não consigo pensar que as coisas são definitivas, encaminhadas, sempre tenho a sensação do novo, do recomeço, do que a de vir. Uma busca constante.
Não sei se todos são assim.
Todos são assim?
Responde-me você é assim?
Inconformada, a procura, ansiando pelo novo, nunca estaciona? Não parar.
Quando estou fazendo alguma coisa, sempre penso que se não deram certo é por que ainda não terminaram se é verdadeiro o raciocínio será que esta procura só termina com a morte?
Eu tenho um sonho.
Uma esperança.
Quero sentir que eu terminei e que deu certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário