segunda-feira, 20 de outubro de 2014

terça-feira, 30 de setembro de 2014

gata no telhado

De verdade não tenho vontade de escrever.
Tem emoção que não se escreve não se desenha.
Não tem rima nem prosa.
Verso menos ainda.
Pode ter o gemido de uma gata no telhado
 Ou de um cão encurralado.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

gestual

O que primeiro nós conecta é a luta pelos direitos humanos caminhamos para os direitos sociais e na cola dos direitos políticos fomos aos direitos sexuais reprodutivos e direitos, e......olha que vem lá a dona democracia logo em seguida é uma questão de raça de crença de arte da luz da música da palavra  é gestual o que nos une é espiritual é sensual é amoroso prazeroso chegando ao gostoso  tem tato e paladar  que nos atrela em amor incondicional por uma raça humana livre amorosa feliz

Sem respirar eu falei pronto e rapidamente agora a leitura é no seu tempo com o seu sentimento.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Mulher Nua

Nua
Nua negra
Nua negra gorda
Nua negra gorda velha
Nua negra gorda velha sensual
Nua negra gorda velha sensual amada.
Ela ama e é amada, sensual velha gorda negra nua. Amada, sensual, nua, mulher. Amada, nua, negra, mulher.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Receio

Receio abrir assim essa relação, maior participação nos lucros e dividendos. Só assim consigo realizar a troca pelo troco.
O que pega é o medo do prejuízo, levando á falência, e ponto fim.
A matemática da vida é muito cara.

domingo, 30 de março de 2014

golpe militar passados cinquenta anos

 Com dez anos via minha mãe agoniada com o exercito fazendo guarda no prédio onde morávamos em cima de um centro telefônico, as comunicações estavam sendo monitoradas e minha mãe nervosa deixou queimar uma tábua de passar roupa, só com o ouvido ligado na rádio que informava o golpe militar, ou como se dizia cuidado dos militares para manter a liberdade do povo brasileiro contra os comunistas.
 Os anos se passaram muitos se foram muito se sofreu para reconquistar a liberdade usurpada pela direita brasileira e americana. As marcas e consequências são enormes.
 Cinquenta anos são passados e jovens se deixam manobrar pelas mesmas forças políticas e acham que estão fazendo o grande movimento libertário do povo.
 Minha mãe não passa mais roupa, mas continuam vivos em sua memoria os dias difíceis de um Brasil sem liberdade sem justiça social sem dignidade.