quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mãe, queria te contar.

Toca o telefone, não posso atender.


Toca o telefone novamente, não posso atender.

Toca novamente, é a Taís, atendo e digo baixinho: ligo depois, não posso falar agora, desligo...

Após duas horas,

Enfim desocupada pego o telefone estamos a quilómetros de distância uma da outra, quando ela atende sua voz vem cheia de alegria e ternura, fui ao médico, ouvi o coração do nenê, ele nasce em quatro de Julho.

2 comentários:

  1. Que notícia maravilhosa.
    Mais uma vida bem vinda.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir